Conjuntivite: o que você deve saber e deve evitar!

Conjuntivite é uma doença chata, não é?

Orçamento em Todo o Brasil de Planos de Saúde, Odontológicos ou Seguros

Receba um contato por WhatsApp ou Ligação em 1 minuto

Essa inflamação tão comum afeta a todos nós! Só de pensar nela, os olhos já começam a coçar!

Nesse texto você encontrará tudo que precisa saber a seu respeito e o que fazer para lidar com ela evitando complicações.

Vamos lá!

Quais são suas causas?

Sua causa é uma inflamação da conjuntiva. Uma membrana que envolve as pálpebras e a parte branca dos olhos (membrana externa do globo ocular).

Essa inflamação pode ser gerada por infecção de bactérias ou vírus! Nesse caso, é facilmente transmitido para aqueles que estão ao redor.

O contato com a pessoa contaminada ou seus objetos é suficiente para a transmissão acontecer.

De modo geral, os principais sintomas são: olhos com vermelhidão intensa, coceira e secreção constante.

Os sintomas e os cuidados podem variar de acordo com o tipo de conjuntivite.

Confira os três tipos a seguir:

Tipos de conjuntivite

1) Infecciosa

Sua transmissão se dá pelo ar e seus sintomas incluem: visão turva, sensação de areia nos olhos, inchaço nas pálpebras e dor no contato com a luz.

É o tipo mais grave e que demanda maior cuidado.

2) Alérgica

Esse tipo acontece após contato com ácaro ou pólen.

É comum no período de primavera e seus sintomas incluem: irritação no olhar, vermelhidão e coceira.

3) Tóxica

Esse último tipo é gerado pelo contato com produto tóxico (venenos, pesticidas, produtos de limpeza etc).

Apesar de ser uma forma rara de conjuntivite, é perigosa, pois pode causar complicações na visão.

Os sintomas dos três tipos são parecidos! Então, aos primeiros sinais de qualquer sintoma, é importante procurar um médico para evitar sequelas.

A seguir, veja dicas de como lidar com o tipo infeccioso.

Algumas dicas de tratamento

Os sintomas da conjuntivite tendem a desaparecer em três semanas. É o curso natural da inflamação.

Apesar de não existir tratamento específico para o tipo infeccioso, é importante usar estratégias para reduzir os sintomas, aumentar o conforto e evitar a transmissão.

Alguns conselhos simples podem te ajudar durante esse período:

  • Evite lentes de contato.
  • Evite compartilhar objetos de uso pessoal (esponjas, delineador, rímel etc).
  • Evite coçar os olhos.
  • Limpe os olhos e não deixe acumular remela.
  • Lave as mãos com frequência.
  • Não use óculos de Sol.
  • Troque diariamente as fronhas dos travesseiros.

Além disso, você sabia que a inflamação na conjuntiva pode ser sintoma do novo coronavírus?

A conjuntivite é um possível sintoma da Covid-19?

Pois é! A conjuntivite foi identificada como um possível sintoma da Covid-19.

Isso porque o vírus pode causar a inflamação da conjuntiva quando entra em contato com a superfície ocular.

Não apenas a Covid-19 pode causá-la, mas as gripes comuns também, explicou um especialista da UFMG.

Por isso é importante observar se há presença de outros sintomas da Covid-19 antes de se alarmar.

Outra dúvida frequente é sobre os remédios caseiros para o tratamento da inflamação.

Participe do nosso Canal Silencioso do Telegram

Você vai receber conteúdos direto no seu celular, sem custo e totalmente gerenciado pela nossa equipe de escritores.

Participar do Canal do Telegram

Remédios caseiros para conjuntivite funcionam?

É comum escutar dicas sobre o uso de remédios caseiros para a conjuntivite. Os principais indicados são leite materno, água boricada, chá de arruda e limão.

Entretanto, deve-se evitar essas preparações! Nosso olho é uma superfície de extrema delicadeza e o uso desses remédios pode agravar o quadro.

Caso busque uma solução, opte por soro fisiológico. É o item recomendado por especialistas na área.

Ah! E não se esqueça de sempre evitar automedicação.

Orçamento em Todo o Brasil de Planos de Saúde, Odontológicos ou Seguros

Receba um contato por WhatsApp ou Ligação em 1 minuto

Gostou desse conteúdo e deseja se manter de olho na saúde?

Receba conteúdos e ofertas quentes na hora no seu email

Já somos mais de 5.000 assinantes em todo o Brasil, assine você tambem.

Assine a Newsletter da CEDRO Seguros! Nós cuidamos de você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *