Gravidez tardia: o que é e quais cuidados

Você sabia que até 80 milhões de pessoas podem ser inférteis no mundo inteiro? Ainda segundo estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número aqui no Brasil chega a 8 milhões. E qual a relação entre infertilidade e gravidez tardia? Justamente pelo fato de alguns casais optarem por se tornarem pais quando tiverem com mais idade.

Orçamento em Todo o Brasil de Planos de Saúde, Odontológicos ou Seguros

Receba um contato por WhatsApp ou Ligação em 1 minuto

Ficou interessado para saber mais sobre esse assunto? Basta continuar acompanhando este artigo para se informar sobre o que é gravidez tardia, quais são os riscos e os cuidados que devem ser mantidos. Boa leitura!

O que é gravidez tardia?

De antemão, ter um filho(a) possui um grande significado para muitas pessoas. Devido a grande importância e a responsabilidade que o acompanha, muitos casais optam por se estabilizarem primeiro antes de engravidar. Mas será que existe algum perigo em fazer isso?

Primeiramente, é importante mencionar que o conceito de idade ideal para engravidar é mutável, ou seja, vem sofrendo modificações ao longo do tempo. Se antes as mulheres costumavam ficar grávidas entre 18 e 25 anos, hoje em dia passou a acontecer entre 20 e 30 anos.

Diante disso, uma gravidez é considerada tardia quando ocorre a partir dos 30 anos. Mas isso não se trata de uma regra, é uma média. A verdade é que quanto mais tempo se passar, os ricos de complicações também aumentam.

Gravidez tardia: quais são os riscos para o bebê?

Antes de mais nada, é válido mencionar que uma gravidez tardia é sinônimo de gestação de risco. Isso acontece porque os riscos de problemas e complicações surgirem é maior, não só para a mãe, mas para o bebê também.

Agora, vamos conhecer um pouco sobre quais são os riscos para o bebê? Confira:

  • Aumento das chances de aborto espontâneo;
  • Síndrome de Down;
  • Parto prematuro;
  • Maior risco de má formação fetal;
  • Restrição de crescimento intrauterino.

Cuidados essenciais durante a gravidez tardia

Como você viu anteriormente, uma gravidez tardia implica uma maior chance de que a mulher sofra com algumas complicações, bem como o bebê. Contudo, se você deseja optar por engravidar um pouco mais tarde, fique atento nas dicas que trouxemos para te ajudar nesse processo.

Antes de mais nada, o primeiro passo é ir ao médico para que você realize exames de rotina e verifique se está tudo bem, ou seja, se é possível que você tenha uma gravidez tardia saudável. Agora, confira a lista de cuidados que preparamos especialmente para você:

  • Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Fazer exame de glicemia em jejum, todos os meses, para prevenir o risco de diabetes;
  • Controlar a pressão arterial;
  • Ter acompanhamento médico regularmente;
  • Diminuir o ritmo da rotina corrida;
  • Não fumar em hipótese alguma;
  • Praticar exercícios físicos moderados com orientação médica;
  • Não consumir bebida álcoolica.

Participe do nosso Canal Silencioso do Telegram

Você vai receber conteúdos direto no seu celular, sem custo e totalmente gerenciado pela nossa equipe de escritores.

Participar do Canal do Telegram

Fertilização in vitro para gravidez tardia

Segundo especialistas, a recomendação é que as tentativas naturais para engravidar ocorram apenas durante seis meses, no máximo. Isso acontece porque a corrida contra o relógio biológico é maior quando a mulher tem mais de 35 anos.

Quando a gravidez não acontece por meios naturais, é chegada a hora de buscar ajuda de um médico especialista em reprodução assistida. Uma das opções de tratamento é a fertilização in vitro (FIV).

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), mais de 43 mil ciclos de fertilização in vitro foram realizados no Brasil. Apesar de ter um custo mais elevado, ainda é a técnica que apresenta maiores chances de sucesso.

O primeiro passo é a administração de gonadotrofinas, de forma subcutânea, na mulher. Após isso, é necessário sedar a paciente para que o maior número de óvulos maduros sejam coletados.

Feito isso, o próximo passo é colocar cada óvulo em uma cultura com vários espermatozoides saudáveis a fim de que aconteça uma fecundação espontânea. Apenas os melhores embriões são transferidos para o útero da mulher ou, podem ser congelados também.

Orçamento em Todo o Brasil de Planos de Saúde, Odontológicos ou Seguros

Receba um contato por WhatsApp ou Ligação em 1 minuto

Gravidez tardia: realize seu sonho

Receba conteúdos e ofertas quentes na hora no seu email

Já somos mais de 5.000 assinantes em todo o Brasil, assine você tambem.

Se você é mulher e tem o sonho de ser mãe, você não pode deixá-lo escapar de suas mãos sem antes tentar, mesmo que se trate de uma gravidez tardia. Uma dica que nós temos para te dar é contratar um plano de saúde, assim você evita gastar uma fortuna com a realização de exames e consultas. Sendo assim, fale com um de nossos corretores e faça a sua simulação!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *