Hipotireoidismo: o que é e como tratar?

A saber, problemas hormonais surgem principalmente nas mulheres, e entre eles está o hipotireoidismo.

O hipotireoidismo, é o mau funcionamento da tireoide, que por sua vez, diminui a produção dos hormônios.

Assim, o organismo produz anticorpos que prejudicam a tireoide, surgindo uma série de sintomas e problemas de saúde.

Enfim, para que você conheça os sintomas e outras informações sobre o hipotireoidismo, leia no artigo a seguir.

O que causa o hipotireoidismo?

Em virtude da queda dos hormônios conhecidos como triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), produzidos pela glândula da tireoide.

Também pode ser causa do hipotireoidismo a Tireoidite de Hashimoto, que causa inflamação e posterior destruição da glândula tireoide.

Ademais, pessoas com histórico familiar de hipotireoidismo e pacientes que já retiraram nódulos da tireoide, também, podem apresentar a doença.

A falta de iodo no organismo, apesar de pouco comentada, também pode desregular as funções vitais da tireoide, causando hipotireoidismo.

Além disso, outras causas ainda são desconhecidas, mas sabe-se que, mulheres acima dos 40 anos e recém-nascidos podem ser os mais afetados.

Sintomas do hipotireoidismo

Já que a tireoide é a glândula reguladora dos hormônios, que a saber, está localizada na região do pescoço, os sintomas da sua queda estão relacionados a:

  • Ganho de peso;
  • Problemas de colesterol;
  • Fadiga, cansaço;
  • Prisão de ventre;
  • Depressão;
  • Queda dos cabelos;
  • Depressão;
  • Inchaço;
  • Intolerância ao frio;
  • Pele seca, com escamas e aspecto grosso.

Além disso, soma-se a um dos sintomas da síndrome do túnel do carpo, devido a fadiga constante que pessoas com hipotireoidismo tendem a sofrer.

Tratamentos para hipotireoidismo

Uma vez que o hipotireoidismo não tem cura, os tratamentos se baseiam em repor no organismo os hormônios que estão em baixa.

Sobretudo, é importante buscar o tratamento mais adequado para evitar complicações na saúde, já que o coração, fígado, rins e o cérebro são dependentes do bom funcionamento dos hormônios.

Como se cuidar e prevenir o hipotiroidismo?

Assim como dito em outros artigos, a prevenção da maioria das doenças está relacionada a hábitos diários.

Portanto, para prevenir o hipotiroidismo, é preciso ter alimentação saudável  e rica em iodo, pois o iodo é um elemento importante no processo de sintetização dos hormônios T3 e T4. Mas sem exagerar, pois o excesso de iodo pode causar o hipertireoidismo. Outra recomendação é praticar regularmente exercícios físicos.

Lembrando que, a partir dos 40 anos, tanto mulheres como homens precisam fazer exames de controle dos níveis de T3 e T4.

Assim, evita que os sintomas tragam consequências, que expõe a saúde a riscos maiores, bem como evita a ingestão de muitos medicamentos.

Aumente suas chances de prevenção

A Cedro corretora de seguros tem a seguinte premissa que informação é prevenção, por isso, trabalha muito para que conteúdos úteis cheguem até você.

Somos uma empresa que não somente comercializa produtos e serviços de saúde; somos uma empresa, que pensa em melhorar sua vida além de visitas médicas e consultas.

Dessa forma, é que queremos mudar seus hábitos para melhor e ter tempo para o que mais ama fazer e compartilhar seu tempo.

Por isso, é que convidamos você a assinar e receber nosso newsletter e ficar por dentro de assuntos que complementam o hipotiroidismo, aumentando seu conhecimento e métodos de prevenção.