Pés inchados: conheças as possíveis causas

Vários fatores podem contribuir para o surgimento do inchaço nos pés. Embora não seja algo grave, costuma ser indicativo de outras patologias.

Dessa forma, os pés inchados merecem atenção. Para te ajudar a entender melhor as principais causas e como tratar este problema, escrevemos este conteúdo. Continue a leitura!

O que é o pé inchado?

O edema periférico também pode ser chamado de pé inchado e ocorre quando o nosso sistema circulatório apresenta dificuldade de bombear o sangue. Como consequência, tem-se um acúmulo de líquido nos pés e, em alguns casos, nas pernas.

O inchaço em si não costuma ser algo grave e também pode ser ocasional, aparecendo em alguns momentos da vida, como nos casos de lesões, na gravidez ou na terceira idade. Por outro lado, também pode indicar problemas no sistema circulatório e/ou músculo- esquelético.

Meus pés sempre estão inchados, o que pode ser?

Como já mencionamos, o inchaço nos pés pode ocorrer devido a vários fatores. Os principais são:

  • Má circulação das veias devido a idade, que causa o envelhecimento natural das veias;

  • Gravidez;

  • Torções e lesões, que podem vir acompanhadas de manchas roxas e dor;

  • Passar muito tempo sentado ou em pé;

  • Alterações hormonais devido ao período menstrual;

  • Insuficiência nervosa, quando as veias não conseguem bombear o sangue de volta para o coração;

  • Varizes;

  • Obesidade;

  • Tabagismo;

  • Inflamações nos tendões e ossos;

  • Diabetes;

  • Problemas cardíacos, nos rins ou no fígado;

  • Trombose;

  • Infecção de alguma ferida;

  • Hipertensão;

  • Efeito colateral de medicamentos para pressão alta, diabetes, antidepressivos, antiinflamatórios e contraceptivos;

  • Linfedema, que consiste no acúmulo de líquidos dentro dos tecidos, devido a retirada de gânglios linfáticos;

  • Alterações nos vasos linfáticos.

O que são doenças venosas?

As veias são responsáveis por transportar o sangue pouco oxigenado de retorno ao coração. Quando existe algum tipo de anomalia nesse transporte, tem-se uma condição de doença venosa que, na maioria dos casos, tem como consequência inchaço nos pés e pernas.

Elas não tem cura, mas costumam responder bem aos tratamentos, quando adequados.

Pés inchados na gravidez

O corpo produz 50% a mais de líquidos durante a gestação.

O pés inchados na gravidez é algo normal e raramente indica algo de errado com a gestação. Pode ocorrer, com mais frequência, no final da gestação, quando o útero adiciona uma pressão extra em direção aos pés.

Todavia, se for acompanhado de outros sintomas, como dor abdominal, de cabeça, diminuição da urina e náuseas, pode ser sinal de pré-eclâmpsia.

Recomendamos que você consulte imediatamente o seu médico caso o inchaço nos pés venha acompanhado de alguns desses sintomas.

Tratamentos para pés inchados

Quando o inchaço nos pés é algo recorrente e vem associado a outros sintomas, você deve procurar o médico, para diagnosticar e tratar a causa dos pés inchados.

Porém, existem sim algumas coisas que você pode fazer para prevenir e tratar, em alguns casos, os pés inchados:

  • Pratique atividades físicas aeróbicas, como caminhada e corrida;

  • Faça alongamentos;

  • Eleve a perna em uma posição que fique acima do coração;

  • Use meias de compressão

  • Reduza o consumo de sal;

  • Beba mais água;

  • Consuma mais frutas e verduras;

  • Evite roupas que sejam muito apertadas;

  • Tenha uma alimentação balanceada;

  • Use calçados confortáveis.

O inchaço nos pés não é algo grave; porém, quando persiste, é necessário buscar um médico especialista, para realizar uma investigação mais profunda.

O blog da Cedro busca sempre desenvolver os melhores conteúdos informativos para você. Assine agora a nossa newsletter e receba todos os nossos conteúdos em primeira mão!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *