Treino funcional: Como seu médico do plano de saúde pode te orientar

O treino funcional, ou só funcional, tem se mostrado uma opção de exercício físico cada vez mais atrativa.

Contudo, por suas peculiaridades, essa modalidade de exercício precisa, além de um profissional competente, de certos cuidados.

Neste texto iremos explorar algumas questões importantes acerca do treino funcional, desde quem pode praticá-lo, seus principais benefícios e os cuidados a serem tomados quando de sua prática.

Confira a seguir.

O que é o treinamento funcional?

É uma modalidade de exercício físico na qual o corpo de quem pratica é a principal ferramenta usada.

Utilizando o peso do próprio corpo, corridas, pulos e agachamentos, o treino funcional possibilita exercitar-se com nenhum ou poucos equipamentos.

O uso de acessórios é possível, mas não necessário. Por isso é muito comum fazer essa atividade em casa.

Essa é a principal diferença entre o treino funcional e as demais modalidades de treino, sua simplicidade.

Valendo mencionar que a modalidade de treino a qual falamos não é a mesma coisa que Crossfit.

Como funciona o treinamento funcional?

Por ser diferente da tradicional musculação, o treino funcional não precisa ser realizado em uma academia.

Parques, praias, praças e locais abertos são espaços muito utilizados para essa modalidade de treino.

Com alguns colchonetes, poucos pesos e cordas pode-se realizar um treino que envolverá toda a musculatura do corpo.

Alguns educadores físicos disponibilizam uma estrutura mais complexa, valendo-se de trampolins, bolas suíças, cones, cinto de tração e muito mais, tudo dependendo do nível de destreza física dos alunos.

Benefícios do treino funcional

Diferente da musculação que trabalha um grupo de músculos por equipamento, um treino funcional pode englobar todo o corpo.

São exigidos equilíbrio, destreza, atenção, rapidez e vigor físico, tudo isso de uma só vez.

E quem não possui tudo isso, certamente conquistará ao realizar essa modalidade de exercício físico.

Assim, os benefícios do treino funcional são vários, mas listaremos os principais:

1. Fortalecimento Muscular;

2. Aumento da Resistência e Vigor Físico;

3. Melhora da Postura no dia a dia;

4. Aumento da Coordenação Motora e do Equilíbrio;

5. Aumento da Capacidade Cardiorrespiratória;

Bem como os benefícios inerentes a toda e qualquer atividade física, tais como combate ao estresse, ansiedade e depressão, melhora da saúde em geral, diminuição ou fim de dores no corpo, queima de gorduras ruins e muito mais.

Quem pode fazer o treino funcional?

Em regra, todos podem fazer, mas se atente à sua capacidade física atual, pois os grupos de funcional são progressivos.

Isto é, os educadores físicos vão progredindo nos exercícios de modo a exigir cada vez mais dos alunos.

Portanto, é preciso “entrar” em um estágio que esteja de acordo com seu atual vigor físico.

Dos Riscos e da Necessidade de Acompanhamento Médico

Por ser uma atividade física que exige muito de quem a pratica, é indicado que haja acompanhamento para sua realização.

O uso do corpo como um todo nos exercícios traz certos riscos para aqueles que não estão acostumados.

Portanto, uma avaliação médica e alguns exames antes de começar não farão mal algum, muito pelo contrário, podem auxiliar você a atingir seus objetivos com mais facilidade.

Essa avaliação prévia é inclusa nos planos de saúde, sendo que você pode se consultar com um médico e iniciar seu treino funcional imediatamente.

Ainda não possui plano de saúde? Não perca tempo, consulte nossos corretores, eles sanarão todas suas dúvidas.