Quais as despesas do parto com ou sem plano de saúde?

Parto com ou sem plano de saúde? Essa é uma dúvida comum entre as mulheres que pretendem engravidar, afinal, essa escolha é uma das mais importantes no processo de gestação.

Por esse motivo muitas delas fazem todo um planejamento antes de engravidar, garantindo assim uma gestação mais saudável para ela e o bebê.

Sendo recomendado que a futura mamãe procure um plano de saúde que cubra as despesas com parto.

Assim ela irá garantir que esse momento mágico em sua vida tenha todo o cuidado necessário e o menor custo possível.

Que tipo de plano de saúde cobre parto?

Os planos de saúde possuem diversas segmentações, que são as composições das coberturas do convênio.

Assim, para que um plano cubra o parto ele precisa ser do tipo Hospitalar com obstetrícia.

Onde, conforme ANS além do regime de internação hospitalar, também está incluída a atenção ao parto.

Além disso, nessa modalidade também está garantida a cobertura assistencial ao recém-nascido durante os primeiros 30 dias após o parto.

Ressaltando que antes do parto, é necessário cumprir o prazo de carência, que nesse caso é de 300 dias.

Lembrando que um plano de saúde pode ser:

  • Ambulatorial
  • Hospitalar sem obstetrícia
  • Hospitalar com obstetrícia
  • Exclusivamente Odontológico
  • Ambulatorial + Odontológico
  • Ambulatorial + Hospitalar sem obstetrícia
  • Ambulatorial + Hospitalar com obstetrícia
  • Hospitalar com obstetrícia + Odontológico
  • Hospitalar sem obstetrícia + Odontológico
  • Ambulatorial + Hospitalar sem obstetrícia + Odontológico
  • Ambulatorial + Hospitalar com obstetrícia + Odontológico

Quais as vantagens do parto pelo plano de saúde?

Ter um filho pelo plano de saúde apresenta muitas vantagens em relação ao um parto pelo SUS ou particular, veja quais são eles.

Parto pelo SUS

Embora no Brasil seja possível ter um parto sem custos por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), muitas mulheres estão planejando dar à luz através de um plano de saúde com obstetrícia, aproveitando as vantagens do serviço.

Algo muito compreensível visto a situação da saúde pública do país, onde diversas maternidades públicas apresentam problemas.

Como, por exemplo, falta de vagas, de estrutura ou de profissionais de saúde.

Outra vantagem nesse caso é o acompanhamento pré-natal da grávida, onde o médico obstetra que fez o pré-natal pode ser o mesmo que vai realizar o parto, dando assim mais tranquilidade para a futura mamãe.

Parto particular

Outra vantagem do parto pelo plano de saúde está no custo em relação a um parto particular.

Pois, essa modalidade, embora seja boa para a mãe e o bebê, possui um custo muito elevado, que nem todos podem pagar.

Já que nesse caso os pais devem arcar com todos os custos como a internação no hospital, o médico obstetra e a anestesia.

Além de todo o procedimento médico e os profissionais envolvidos no parto.

Parto com ou sem plano de saúde: para finalizar

Então, agora que você já sabe as vantagens de um parto com ou sem plano de saúde faça uma cotação conosco. Aqui na Cedro você certamente irá encontrar o plano de saúde ideal!