O Plano de Saúde cobre silicone?

Há uma dúvida frequente entre as pessoas em saber se o plano de saúde cobre silicone, especialmente entre as mulheres.

É algo bastante natural, já que, o aumento de mama é atualmente a cirurgia plástica mais realizada no Brasil e no mundo.

Um dado que demonstra que cada vez mais as mulheres estão buscando esse procedimento para efetuar correções em seus seios.

Uma busca que pode ter razões estéticas e psicológicas, como a insatisfação com o tamanho do seio, correção da assimetria das mamas, insegurança com o corpo ou desejo de se sentir mais atraente.

Entretanto, as razões para colocar silicone vão além desses motivos, a cirurgia também pode ser procurada para a reconstrução dos seios, nos casos em que a mulher fez uma mastectomia para tratar o câncer de mama.

Dados de cirurgias plásticas no Brasil

Conforme a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), o Brasil ocupa atualmente a segunda posição no ranking mundial de intervenções cirúrgicas estéticas. Com cerca de 1,2 milhão de procedimentos realizados.

Dessa maneira, o país fica atrás apenas dos Estados Unidos, que ocupa a primeira posição com mais de 1 milhão e 400 mil intervenções realizadas por ano.

Sendo assim, os 10 procedimentos abaixo são as cirurgias plásticas mais populares no Brasil:

1- Aumento de mama: 15,6%;

2- Lipoaspiração: 14,6%;

3- Cirurgia das Pálpebras: 12,5%;

4- Rinoplastia: 8,1%;

5- Abdominoplastia: 7,5%;

6- Elevação do Seio: 1%;

7- Enxerto de Gordura – Face: 5,6%;

8- Redução de Mama: 4,5%;

9- Facelift: 4,3%;

10- Aumento de nádegas – transferência de gordura: 3,1%.

O plano de saúde cobre silicone?

Sim, é possível colocar silicone no seio por meio do plano. Entretanto, essa cobertura só ocorre em alguns casos específicos.

Em quais situações o plano de saúde cobre silicone?

Conforme a Agência Nacional de Saúde (ANS), o plano de saúde só é obrigado a cobrir cirurgia de implante de silicone nos seios quando esse não envolve apenas motivos estéticos.

Dessa forma, o implante só é coberto nas seguintes situações: reconstrução das mamas, em casos de tumores, cânceres de mama, ou outros traumas semelhantes.

Ou em casos de desordem mental atestada por um médico. Sendo necessário, que essa tenha a mesma intensidade de uma desordem física.

Sendo assim, é necessário que o médico ateste os malefícios da aparência da mulher em sua saúde mental.

O plano cobre consultas e exames preparatórios para a cirurgia?

Quando o plano de saúde autoriza essa cirurgia ele deve arcar com todos os custos relacionados a ela.

Portanto, agora que você já sabe os casos em que o plano de saúde cobre silicone, não perca tempo e entre em contato conosco, pois, aqui na Cedro temos o tipo de plano de saúde que você precisa.